Como Parcelar Multas de Trânsito


As multas de trânsito são sempre muito altas e por este motivo os motoristas deveriam tomar cuidado ao dirigir, para que não tivessem multas e muito menos a carteira de motorista perdida por falta de seguir as normas das leis de trânsito. O Detran que é o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (existindo em outros estados) é o responsável pela aplicação das multas.

Quando um indivíduo ainda não tem CNH o problema será ainda maior, pois não terá que esperar por mais tempo para poder tirá-la legalmente. Já quando este indivíduo possui a CNH e leva uma multa ele tem a sua carteira caçada e ainda terá que esperar dois anos para poder retirá-la novamente. Um cidadão já habilitado com a carteira permanente pode atingir o limite de 20 pontos dentro de 365 dias, passando isso também perde a habilitação e o direito de refazê-la por dois anos.

Em qualquer que seja a situação de infração a lei você é notificado e precisa pagar a conta no momento em que chegar a sua residência. O que muitos perguntam é se é possível parcelar esta multa, justamente por não ter dinheiro. O parcelamento só é possível através de alguns bancos e isso quando a multa é a âmbito municipal, passou disso não. Para o Detran o parcelamento não é possível de nenhuma maneira. Agora se a multa for paga antes do prazo se tem um desconto de 20%.

Isso gera um desconforto para a pessoa que precisa pagar esta conta, mas será necessário, caso contrário implicará em diversos outros problemas como não poder fazer o licenciamento (porque precisa estar tudo em ordem com o veículo). Quando não é você que estava dirigindo no momento da multa é possível passar esta para o verdadeiro culpado pela notificação, isso dentro de um prazo.

O modo mais interessante para não receber as multas é tomar cuidado ao dirigir em qualquer lugar, principalmente não ultrapassar os limites de velocidade, não apostar corrida, ter respeito com o pedestre. Feito isto estará se livrando de muitos problemas que podem surgir. 

Veja mais