Atestado médico


Atualmente, as pessoas se acostumaram a procurar por um emprego que lhes ofereça mordomias e o mínimo de horas trabalhadas por dia. Tudo o que as pessoas desejam é ter uma vida que tenha conforto sem ter que fazer muitos sacrifícios. Por isso a procura elevada por empregos nas redes públicas, os quais são tão famosos por proporcionar a seus funcionários o máximo de vantagens e benefícios possíveis. Quando a pessoa consegue passar em algum concurso público, finalmente enxerga a possibilidade de poder trabalhar pouco e ganhar seu salario no fim do mês. Porém, quando as mesmas não conseguem passar em nenhum concurso e desejam não ir ao trabalho prestar seus respectivos serviços, simplesmente procuram por algum médico ou algo parecido que possa lhe oferecer um atestado, comprovando que o mesmo estava impossibilitado de ir trabalhar. Por mais que isso seja completamente errado, muitas pessoas fazem isso, e não apenas uma vez, e sim diversas vezes. Isso ocorre bastante porque os respectivos médicos liberam atestado para os amigos, ou às vezes até pior, vendem atestados à desconhecidos, o que é bem pior. Do lado do paciente, é muita falta de caráter, pois forjam uma doença para poderem não comparecer ao emprego. Do lado dos médicos que dão atestados a conhecidos e vende os mesmos, trata-se de muita falta de ética, pois estão indo contra todos os princípios profissionais os quais concordaram em cumprir. Além de correr o risco de ter o CRO ou CRM cassado. Cabe a cada profissional analisar e decidir o que é correto ou não fazer. Agora que você já conhece os dois lados da história dos atestados, basta a você decidir, no caso for paciente, se irá pedir atestado sem realmente apresentar alguma alteração em seu estado de saúde. E caso seja médico, se irá liberar atestados sem o paciente apresentar algo que realmente justifique sua falta no trabalho. Coloque tudo no papel e veja se vale a pena correr o risco de ser pego mentindo e ser demitido! Lembre-se, só pegue atestado quando realmente houver necessidade.

Veja mais