O QUE É TRASTORNO BIPOLAR


Quem nunca ouviu falar em transtorno bipolar? Com certeza muita gente já ouviu este termo, mas não sabe o que significa. Transtorno bipolar é alteração de estados depressivos, com maníacos, ou seja, horas o céu, alguns minutos depois o inferno. Esse transtorno deixou a pouco tempo de ser considerado pelos especialistas, como uma perturbação psicótica e passou a ser considerado uma perturbação afetiva. No caso de diagnósticos, poderá levar alguns anos, isso porque as reações se confundem com outros quadros clínicos, quando apresenta sintomas de depressão, diagnosticam como depressão, e mais tarde quanto houver manifestação maníaca, como distúrbio bipolar. A manifestação maníaca tem o significado de um estado exaltado de humor. A apresentação deste transtorno geralmente se inicia por volta dos 20 a 30 anos de idade, e pode ter no inicio com a fase depressiva, maníaca, ou mistos, onde a os dois sintomas simultâneos. A fase maníaca leve em torno de uma a duas semanas para começar e quando o paciente não esta em tratamento pode durar meses. É alteração de humor excessiva, pode ser uma alegria contagiante ou uma irritação agressiva. Há uma grande concentração de energia, ausência do sono, não conclui o raciocínio apresentando a fuga de idéias, distração, aumento da atividade sexual, perda da consciência social, tornando se uma pessoa insuportável ou inconveniente. Na fase depressiva, como o próprio nome já diz, apresenta quadros de depressão com baixa auto estima, sentimentos de inferioridade, cansaço, e isolamento social. Como na fase maníaca, a fase depressiva também pode ter a duração de meses.

Entre a alteração de uma fase e outra a pessoa pode apresentar um quadro normal. No transtorno bipolar não há uma causa para o seu aparecimentos, mas há fatores que influenciam seu aparecimento como: Traumas, incidentes ou acontecimentos marcantes, troca de emprego, fim de um relacionamento de muito tempo, morte de uma pessoa muito proxima.

O tratamento se dá com medicamentos controlados a base de lítio. Com o uso do remédio o paciente conseguira ficar algum tempo sem essas oscilações de humor, mas terá que fazer uso da medicação por tempo indeterminado.

Veja mais