Quais são os métodos de alfabetização


Uma das coisas que chega a dar alergia em algumas pessoas é em plena era em que vivemos adolescentes e adultos não serem alfabetizados. Sim, meu caro, essa realidade pode estar fora da sua rotina, mas não deixa de ser verdade e ainda por cima, uma verdade bem cruel com essas pessoas. O alfabeto nada mais é do que o uso que se faz das letras para que as palavras sejam formadas e assim haja a comunicação entre as pessoas, por isso é que se pode dizer que a alfabetização é tão importante na vida das pessoas hoje em dia. Cada indivíduo constrói a gramática em suas variações, e isso é o processo chamado de alfabetização. A mesma incluí coisas como ler, interpretar, compreender, criticar, e chegar a uma conclusão de entendimento e conhecimento. Um indivíduo alfabetizado tem maior condição de ter uma vida social mais qualificada em uma sociedade como a nossa, não sendo aquela pessoa que se enquadra perfeitamente na lista de exclusão social. Os métodos de alfabetização se deduzem em sintético e global, onde cada um tem suas variações porém um mesmo objetivo a ser atingido, o de alfabetizar. O método fônico ou sintético é aquele em que as crianças geralmente aprendem, repetindo os sons que ouvem ao seu redor e aprendendo a falar os mesmos, desenvolvendo habilidades ainda maiores com o passar do tempo, construindo um rico vocabulário em suas palavras. Já o outro método é usado as características como conto, sentenciação e palavração, cada um composto de suas características em geral também. Nesse método é feito o estudo das palavras, das sentenças ou frases, e também a interpretação de textos em caso de contos. Os métodos de alfabetização são sem dúvida elogiáveis e podem resultar em uma melhora de qualidade de vida inexplicável. Há muito para melhorar nesse aspecto ainda, mas com certeza a tendência é aumentar cada vez mais o número de pessoas alfabetizadas anualmente.

Veja mais