O que significa a sigla FMI e quais seus fundamentos?


FMI nada mais é que uma organização internacional (Fundo Monetário Internacional), programa criado para assegurar as economias mundiais pelo monitoramento da taxas de cambio e da balança de pagamentos, usando a assistência técnica e financeira. Sua sede oficial fica em Washington – EUA.
Criado no ano de 1945 com o intuito de assegurar estabilidade aos paises, facilitar o comércio internacional, criar oportunidade de emprego em centenas de áreas, alem de reduzir os índices de pobreza. Alcançar a estabilidade do sistema monetário internacional é um de seus objetivos, tendo em vista a colaboração de seus associados. Formado por 184 paises de todos os continentes, o FMI despontou como um dos pilares da ordem econômica internacional, e evitam desequilíbrios nos balanços de pagamentos evitando assim prejuízos aos paises membros. Uma de suas finalidades é favorecer a eliminação das restrições de cambio entre os paises, concedendo temporariamente recursos que eliminam tais desequilíbrios, alem de oferecer planejamentos para a monitoria de programas, assistência técnica e treinamentos aos responsáveis de cada país.
Contudo o FMI tem como suas principais funções, a supervisão do sistema financeiro internacional e nas economias dos paises membros da organização, fazendo com que seu objetivo fundamental não seja desperso, acompanhando as economias mundiais e dando suporte financeiro aos paises necessitados, até que seja regularizado todas suas pendências.

Veja mais