Sexo: Pontos sensíveis no corpo da mulher

Desagradável é o homem que acha que sabe tudo o que precisa sobre a mulher e que não precisa aprender mais nada. Um homem que quer saber mais sobre ela não é considerado desagradável...:)

Bem, suas perguntas são, de fato, simples, mas não espere respostas tão simples assim. Sexo e mulher sempre dá num assunto bem complexo.

O primeiro ponto em que elas costumam ser bem sensíveis, você já alcançou: é o fato de compreender que cada mulher tem seu gosto pessoal, suas próprias zonas erógenas.

Quem sai em busca daquelas famosas regiões do corpo, que saem listadas nessas revistas femininas ou para homens, como sendo as zonas de maior sensibilidade no corpo da mulher, já sai começando errado. Parece que a mulher não gosta tanto que o homem ache os pontos no corpo dela; ela gosta muito mais que ele os procure. :)

O segundo ponto é o que fazer quando encontrar os tais pontos. Parece que tão ou mais importante que mapear as regiões erógenas do corpo da mulher, é como tocar esses pontos. E olha, aí está uma questão delicada: tem dia que a mulher gosta de ser tocada com suavidade, tem dia em que ela quer mais é sentir o vigor do desejo do parceiro cravado no corpo dela.

Como saber qual o dia? Ah! Essa é a questão! Tem mulher que dirige o parceiro, mas nem todas conseguem ser assim diretas; muitas são sutis, e é no relacionamento que o homem pode sacar qual o clima que pode dar em prazer naquele dia.

Ser tocada do jeito certo e sentir-se desejada; parece que aí é que está o mapa da mina. Mas não para todas, claro.

Agora, se você ficar procurando as reações no corpo dela que mostrem que ela está excitada, ela vai perceber que está sendo vasculhada. E daí, meu caro, ponto nenhum vai resolver a situação.

Veja mais